Utilizamos cookies para melhorar sua experiência de navegação. Se você continuar no site, consideraremos que está de acordo com nossa política de Privacidade e de Cookies
1
Tasso deve apresentar complementação de voto na CCJ
02/09/19 18:20 Fonte: Assessoria

Relator deve ler adendo ao parecer na próxima quarta-feira, 4/9, antes da votação.

Senador Randolfe Rodrigues (REDE/AP) ao lado do relator da Reforma da Previdência na CCJ, Tasso Jereissati (PSDB/CE). Fotos: Marcos Oliveira/Agência Senado.

A votação da Proposta de Emenda à Constituição (PEC) 6/2019 está marcada para a próxima quarta-feira, 4/9, Comissão de Constituição e Justiça (CCJ) do Senado. Com ela, deve ser apresentado um complemento do voto do relator, Tasso Jereissati (PSDB/CE).

Embora ainda não se saiba quais são as novidades, o assessor parlamentar da ANAJUSTRA, Roberto Bucar, explica que não devem ser muitas. “As mudanças são fruto das negociações comuns a todo o processo parlamentar, mas não há que se esperar nada radical, uma vez que a maioria dos acordos já foi costurada, especialmente em torno da não edição do texto, para evitar que ele retorne à Câmara. ”

Tramitação

Esses são os últimos passos da tramitação da Reforma da Previdência na CCJ. Ao longo das últimas semanas, a matéria recebeu 376 emendas para que fossem feitas supressões ou mudanças no texto. E, apesar de criticado por parte dos colegas, o relator aceitou apenas alguns pontos via PEC paralela.

O complemento deve ser lido na própria quarta-feira, às 9h, em seguida serão os votos em separado (espécie de relatórios alternativos), será aberta a discussão e, por fim, a votação. É provável que o trabalho siga tarde a dentro.

A presidente da CCJ, Simone Tebet (MDB/MS), afirmou à Agência Senado que o calendário está sendo seguido como planejado. Como no Senado não há comissão especial para essa proposta, depois de aprovada ela já segue para o Plenário onde deve ser votada em dois turnos.

Se tudo correr como divulgado até agora, os senadores devem contar a partir dessa quinta-feira, 5/9, o prazo para a primeira votação. A segunda, está programada para o dia 10 de setembro, uma terça-feira. A expectativa da senadora é que se cumpra o prazo de aprovação da emenda entre o fim de setembro e começo de outubro.

Acessos: 736
Filie-se a Anajustra

Você ainda pode ler este mês

Valorize o conteúdo feito especialmente para você, servidor da Justiça do Trabalho.

Já é associado ? Faça seu login e desbloqueie todos os conteúdos do site

Filie-se a Anajustra

Conteúdo exclusivo

Associado, para continuar lendo, faça seu

Ainda não é associado?

Faça parte da maior entidade
associativa do Judiciário Trabalhista.

Conheça os benefícios