Seminário vai debater saúde de magistrados e servidores
13/02/19 10:50 Fonte: Assessoria

O evento ocorrerá em Brasília e as inscrições podem ser feitas até 20/3.

O financiamento dos serviços de saúde, o adoecimento e a qualidade de vida dos juízes e servidores do Poder Judiciário brasileiro estarão em debate no 1º Seminário sobre Saúde de Magistrados e Servidores do Poder Judiciário, marcado para 28 de março. 

O evento ocorrerá em Brasília, no Tribunal Superior do Trabalho (TST), e as inscrições podem ser feitas até 20 de março. O encontro é direcionado a magistrados e servidores de todos os tribunais e a representantes da Associação dos Magistrados Brasileiros (AMB), da Associação Nacional dos Magistrados da Justiça do Trabalho (Anamatra) e da Associação dos Juízes Federais do Brasil (Ajufe).
 
Se inscreva

Está confirmada a realização de um painel para tratar das formas de financiamento dos serviços de saúde pelos tribunais, como a contratação de planos de saúde e a criação de planos de autogestão. O evento terá ainda oficinas a respeito de assuntos como adoecimento de servidores e de magistrados, serviços de saúde nos tribunais, entre outros. No encerramento, está prevista uma palestra sobre o tema qualidade de vida e gestão da emoção.

Evidência

Um levantamento divulgado pelo Departamento de Pesquisas Judiciárias (DPJ) do CNJ, em 2017, mostrou que os transtornos mentais e comportamentais foi o quarto grupo de doenças mais expressivo nas ausências ao trabalho naquele ano, com 17.826 ocorrências, correspondendo a 11,8% do absenteísmo-doença.

Segundo a pesquisa, as doenças mais frequentes em juízes e servidores são: reações ao estresse, episódios depressivos, transtornos de ansiedade, dores na coluna, sinusite aguda, diarreia, conjuntivite e resfriado.

Além do seminário, será realizado um segundo encontro este ano, previsto para setembro. A proposta é dar evidência para o tema da saúde e colocar em debate as medidas necessárias para fazer frente aos cuidados nessa área.

Os eventos são de iniciativa do Comitê Gestor Nacional de Atenção Integral à Saúde de Magistrados e Servidores do Poder Judiciário, instituído pelo Conselho Nacional de Justiça  (CNJ) em 2015, por meio da Resolução nº 207. O grupo, que teve sua nova formação nomeada pela Portaria CNJ nº 163/2018, se reuniu na última quarta-feira, 6/2, na sede do CNJ, para discutir detalhes do evento.

(Com informações do CNJ)

Acessos: 485