Audiência pública no TRT da 18ª Região debate metas da Justiça do Trabalho para 2019
17/07/18 10:41 Fonte: CSJT
Vice-presidente do tribunal irá apresentar o que as metas significam para o Poder Judiciário Trabalhista.

O Tribunal Regional do Trabalho da 18ª Região, com jurisdição em Goiás, realiza audiência pública nesta terça-feira (17), às 14h, no auditório do Fórum Trabalhista de Goiânia. O objetivo é debater com a sociedade e entidades representativas de trabalhadores e patrões as metas nacionais na Justiça do Trabalho para o próximo ano. A audiência faz parte do cronograma do Conselho Nacional de Justiça (CNJ) para a formulação das metas nacionais do Poder Judiciário em 2019.

A audiência pública tem como tema “Metas da Justiça do Trabalho pós-reforma” e busca garantir a participação equânime de todos os setores da sociedade e entidades representativas na formação e execução da prestação jurisdicional. O vice-presidente do Tribunal, desembargador Paulo Pimenta, apresentará aos participantes o que as metas significam para o Poder Judiciário Trabalhista.

As Metas Nacionais do Poder Judiciário foram criadas em 2009 pelo Conselho Nacional de Justiça (CNJ). Elas contribuem para impulsionar a gestão dos tribunais de todos os segmentos, auxiliando os órgãos da Justiça a aperfeiçoar a execução dos serviços jurisdicionais de forma mais eficiente e célere.

A audiência pública é aberta a todos os setores da sociedade e entidades representativas. Foram convidados diversos entes e órgãos, entre eles o Governo de Goiás, a OAB-GO, os deputados federais e senadores que representam Goiás no Congresso Nacional, a Assembleia Legislativa do estado, a Câmara Municipal de Goiânia, o Ministério Público do Trabalho, entidades representativas de magistrados e servidores, além de CUT, Força Sindical, Fieg, Fecomercio, Faeg e Adial.

A audiência pública permitirá ouvir a sociedade civil, visando obter informações técnicas, políticas, econômicas e jurídicas acerca das expectativas quanto à atuação do Poder Judiciário, de modo a subsidiar o TRT de Goiás a fixar seus objetivos para o atendimento da sociedade em 2019.

Confira a íntegra do edital.

*Esse texto tem cunho informativo e não, necessariamente, reflete o posicionamento da ANAJUSTRA sobre o tema.
Acessos: 881

Navegue pelo assunto:

Planejamento