CSJT conclui auditorias em três TRTs no primeiro quadrimestre de 2018
25/05/18 10:22 Fonte: Divisão de Comunicação do CSJT
As auditorias do CSJT são realizadas regularmente, com o objetivo de examinar legalidade e legitimidade dos atos de gestão praticados pelos Tribunais Regionais do Trabalho (TRTs).

O Conselho Superior da Justiça do Trabalho (CSJT) concluiu, nos primeiros quatro meses deste ano, três auditorias in loco nos Tribunais Regionais do Trabalho. A primeira análise foi realizada no TRT da 24ª Região, no período de 5 a 9 de março, seguido dos TRTs da 9ª e da 21ª Regiões entre os dias 2 e 6 de abril.

As auditorias do CSJT são realizadas regularmente, com o objetivo de examinar a legalidade e a legitimidade dos atos de gestão praticados pelos Tribunais Regionais do Trabalho (TRTs). Os auditores avaliam aspectos relacionados ao desempenho administrativo, especialmente os relativos à economicidade, à eficiência e à eficácia.

No caso do TRT da 9ª Região, por exemplo, os auditores averiguaram a gestão do setor de Tecnologia da Informação. No TRT da 21ª Região, por sua vez, foi analisada a performance administrativa da área de Gestão de Pessoas.

De acordo com o coordenador de Controle e Auditoria do Conselho, Gilvan Nogueira do Nascimento, o papel dos auditores do CSJT é agregar valor e eficiência à Justiça do Trabalho. Para isso, eles têm acesso imediato e irrestrito a diversos tipos de informações a fim de que possam realizar as ações de controle. “Os auditores podem requerer, por escrito, aos responsáveis pelas unidades auditadas, documentos e informações necessários à realização das ações de controle, que deverão ser concluídas de forma tempestiva e completa”, explicou o coordenador.

O chefe da Divisão de Auditoria, Rilson Lima, informou que a Coordenadoria de Controle e Auditoria publicou, no portal eletrônico do Conselho, o Plano Anual de Fiscalização do CSJT para o exercício de 2018. “Devemos publicar, também, os relatórios e pareceres referentes às ações de controle após a deliberação da Presidência ou do Plenário do Conselho”, observou.

*Esse texto tem cunho informativo e não, necessariamente, reflete o posicionamento da ANAJUSTRA sobre o tema.
Acessos: 1067

Navegue pelo assunto:

Trabalho