Saiba como será o funcionamento da Justiça do Trabalho durante o Carnaval
08/02/18 14:50 Fonte: CSJT

Na quarta-feira de cinzas, 14, cada órgão da JT funcionará de acordo com regulamento próprio.

Em virtude da realização do Carnaval, não haverá expediente na Justiça do Trabalho (JT) nas próximas segunda-feira, 12, e terça-feira, 13. Na quarta-feira de cinzas, 14, cada órgão da JT funcionará de acordo com regulamento próprio.

Confira como fica o funcionamento do CSJT, do TST e de cada Tribunal Regional do Trabalho na próxima quarta-feira:

o   TST e CSJT - expediente das 14h às 19h (ato GDGSET.GP 12/2018)

o   TRT 1 – não haverá expediente (atos 168 e 169/2017)

o   TRT 2 – não haverá expediente (suspensão)

o   TRT 3 – não haverá expediente (ponto facultativo definido pelo tribunal)

o   TRT 4 – expediente normal

o   TRT 5 – não haverá expediente (ponto facultativo definido pelo tribunal)

o   TRT 6 – não haverá expediente (ponto facultativo definido pelo tribunal)

o   TRT 7 – não haverá expediente (ponto facultativo definido pelo tribunal)

o   TRT 8 – expediente a partir das 12h

o   TRT 9 – não haverá expediente (ponto facultativo definido pelo tribunal)

o   TRT 10 - expediente normal

o   TRT 11 – não haverá expediente (ponto facultativo definido pelo tribunal)

o   TRT 12 – não haverá expediente (feriado regimental)

o   TRT 13 – expediente das 13h às 17h

o   TRT 14 – não haverá expediente (feriado regimental)

o   TRT 15 – haverá expediente a partir das 13h

o   TRT 16 – não haverá expediente (feriado regimental)

o   TRT 17 – não haverá expediente (Ato PRESI/SECOR 57/2017)

o   TRT 18 – não haverá expediente (feriado regimental)

o   TRT 19 – não haverá expediente (feriado regimental)

o   TRT 20 – não haverá expediente (feriado regimental)

o   TRT 21 – não haverá expediente (ponto facultativo regimental)

o   TRT 22 – expediente somente na Vara do Trabalho de Floriano (PI) – Lei municipal 0380/2005)

o   TRT 23 – não haverá expediente (feriado regimental)

o   TRT 24 – expediente a partir das 12h

*Esse texto tem cunho informativo e não, necessariamente, reflete o posicionamento da ANAJUSTRA sobre o tema.
Acessos: 729