Utilizamos cookies para melhorar sua experiência de navegação. Se você continuar no site, consideraremos que está de acordo com nossa política de Privacidade e de Cookies


Narrando vidas: servidora do TRT7 lança blog com textos autorais

 10/09/2019    0    0    223  

Jamille Ipiranga é escritora e está finalizando a graduação em Jornalismo.

Inspirada pela mãe, professora, educadora e amante dos livros, a servidora do TRT7, Jamille Ipiranga de Lima, se apaixonou pela leitura na infância. “Quando criança era assídua na biblioteca da escola, apreciava bastante andar pelas prateleiras identificando qual nova história me debruçaria.” A escrita tornou-se real logo em seguida, materializada em versinhos.

“Na fase adolescente, a escrita veio em forma de desabafo, relato de incompreensões do mundo, algo mais visceral. E nessa fase mais madura, retorno à arte de escrever como uma forma de contribuir em contar boas histórias ou abordar a condição humana sob uma nova perspectiva, normalmente agregadora e construtiva, pois entendo que nossas ações, inclusive a escrita, constroem e reconstroem a realidade ao nosso redor”, diz.

Formada em Direito e finalizando a segunda graduação, dessa vez em Jornalismo, Jamille também se inspira no cotidiano, na função exercida no Regional do Trabalho. Para ela, “a escrita vem com um olhar de análise e observação da realidade ao redor, inclusive a realidade da própria justiça, como uma forma de repensar e ressignificar nosso trabalho”.

Narrando vidas

Jamille é uma das pessoas que contribue regularmente com produções inéditas para o Espaço Cultural, a exemplo do texto “Maternidade - um protagonismo de amor e culpa”, compartilhado no mês de maio.

Agora é possível acompanhar suas criações no blog “Jamille Narra Vidas”, com histórias escritas em formato de reportagem, perfis, entrevistas, crônicas e artigos de opinião, deixando a faceta de jornalista a mostra. Para a servidora, independente do formato do texto, a emoção está relacionada à criação. “Pessoas, acontecimentos ou situações que me impactam de alguma forma, me inspiram a escrever sobre eles.”

Falar de amor, e não de ódio, fortalecer valores e vínculos é o caminho escolhido por Jamille como escritora e jornalista. “O escritor pode se estabelecer falando sobre pessoas, sobre vidas, sobre narrativas reais ou imaginárias que tragam um olhar de pertencimento para quem os lê”, afirma.

Acesse o blog “Narra Vidas” para conferir todas as facetas da servidora, escritora e jornalista Jamille Ipiranga. Para entrar em contato, envie e-mail para: jamille.ipiranga@gmail.com ou acesse os perfis nas redes sociais Facebook e Instagram.